Home > Dicas > A escolha das meias certas para o seu pedal
A escolha das meias certas para o seu pedal
09/11/2018
Dicas

Vem chegando o verão

O verão está chegando e, com ele, os dias mais quentes e longos, ideais para estender o treino diário ou aproveitar a pedalada com os amigos. Porém, seja nos momentos de alta performance ou de lazer, o uso da meia esporte certa é o que garante a proteção dos pés e a boa circulação sanguínea. Por isso, o ciclista iniciante deve evitar os modelos tradicionais utilizados no dia a dia com sapatos e tênis. A composição das meias de ciclismo, independente se a modalidade for Speed, MTB ou Triathlon, são voltadas para que o conforto e a performance sejam mantidos, principalmente pelo uso de sapatilhas de ciclismo. 

Assim como as camisas, bermudas e bretelles passaram a ser essenciais entre os equipamentos para o ciclista e receberam uma atenção especial da indústria têxtil, as meias para ciclismo também acompanharam as inovações do segmento de roupas esportivas com o uso de tecnologias de última geração, fibras sintéticas e tecidos inteligentes em sua matéria-prima.

Composição diferenciada

Diferente das meias casuais, que são um pouco mais grossas, as meias de ciclismo possuem em sua composição tecidos que auxiliam o ciclista durante os pedais, proporcionando maior conforto e uma melhor absorção do suor. Os fabricantes mesclam diferentes tecidos na confecção dos seus produtos, como o elastano, a poliamida, o poliéster e o algodão, regulando a porcentagem de um e de outro. A meia Hupi Sublimada Suplex, por exemplo, é feita com 96% de poliéster e 1% de poliamida. Já a Free Force Bars conta com 66% de algodão e 25% de poliamida em sua composição. Ou seja, cada tecido terá a sua finalidade.

Se você procura uma excelente respirabilidade da pele e dissipação do calor, as meias de poliamida, como a Skin Sport Cano Alto, são as mais indicadas, especialmente para os dias quentes. Considerada a mais  nobre das fibras sintéticas e a primeira a ser produzida industrialmente, a poliamida possui sistema inteligente de termorregulação (absorve o suor em 4%), o que facilita a transferência do calor e do suor do corpo para o exterior. Usado em uniformes de esqui, cordas para alpinismo e barracas, é um tecido macio e seu toque é parecido com o algodão, muito leve e de secagem rápida com ótima elasticidade. Além disso, o tecido possui a capacidade de oferecer a proteção UV contra os raios solares.

Para os dias mais frios, as meias de poliéster são melhores, já que não possuem a tecnologia de conforto térmico e esquentam mais, além de serem de secagem rápida, resistentes à luz e de não amassarem. Neste sentido, a meia Pearl Izumi Attack é uma boa opção, pois apresenta 58% de poliéster em sua composição.

Promoções MX

Meias de compressão

Resistente à oxidação, transpiração, água do mar, aos cosméticos e à luz do sol, o elastano, também conhecido como Spandex, é outro fio muito utilizado na confecção de roupas para ciclismo, principalmente nas meias de compressão. Normalmente mais compridas do que as meias normais e até as meias de ciclismo, as meias de compressão podem causar certo incômodo no início, mas auxiliam bastante na circulação sanguínea, fazendo com que as células tenham mais capacidade de respiração, minimizando possíveis fadigas precoces e até lesões mais simples. Elas também são ideais para a recuperação pós treino. Apesar de seus benefícios, é preciso ter cuidado ao utilizá-las durante os pedais, pois muita compressão aliada ao inchaço durante o exercício pode atrapalhar e causar mais desconforto.

Uma dos modelos disponíveis no mercado é a Meia de Compressão Barbedo com 15% de elastano e fabricada por uma das marcas de vestuário e acessórios para ciclismo mais tradicionais do Brasil. Ela possui diferente densidade de tecido em áreas estratégicas como, por exemplo, na ponta dos dedos, calcanhares e tornozelo, ajudando na compressão e proteção dos pés.

Tecnologias próprias para o ciclismo

As meias de ciclismo possuem em seu desenvolvimento tecidos que permitem que a pele mantenha uma respiração constante, afim de garantir que o inchaço dos pés seja minimizado a quase zero, e a durabilidade e a resistência aos atritos seja muito maior, já que suas constituições são realizadas em diferentes gramaturas por toda a meia. Isso significa dizer que em uma meia de ciclismo você encontrará diferentes texturas devido aos materiais empregados em cada região do pé, que varia a necessidade durante os pedais. 

Calcanhares e pontas dos pés normalmente possuem reforços internos nas costuras, região dos calcanhares e bicos, que minimizam os atritos com as regiões mais rígidas das sapatilhas, enquanto peito e sola do pé são microperfurados, o que garante respiração constante para os pés. A região que se estende até a canela possui elastano, gerando compressão que auxilia na circulação sanguínea e minimizando as dormências nos pés causadas pelo calor em excesso. Vale lembrar que dormência ou formigamento nos pés também podem ser causados pelo posicionamento do pé junto ao pedal, seja ele de plataforma ou pedal clip. 

Outro detalhe percebido pelos fabricantes é que as meias precisavam ser diferentes para homens e mulheres. As diferenças começam no design. Ligeiramente mais finas, as meias femininas de ciclismo se ajustam melhor no pé sem a necessidade de conter tanto elastano em sua composição. As meias femininas para ciclismo oferecem mais qualidade e conforto aos pés durante os pedais e longe deles. 

Proteção para a pele

Confeccionadas para otimizar a absorção e a liberação da umidade, seja ela do suor, ou após uma chuva, passar sobre uma poça de água, rio ou lama, as meias ciclismo realizam o processo de evaporação da umidade de forma mais rápida que as meias tradicionais, assim garantindo o conforto aos pés e minimizando a chance de bolhas e assaduras se formarem. Muitas fábricas ainda adicionam controle térmico, que mantém o pé aquecido nos dias mais frios e permite que a pele respire normalmente nos dias mais quentes, sem alterar a espessura da meia. 

É o caso da Meia Fox Logo 6. Projetada especificamente para uso com sapatilhas de MTB, ela muda os parâmetros das meias convencionais desta modalidade devido ao inovador sistema anticoceira e antiodores Meryl® Skinlife. São micropartículas de prata inerentes que garantem que nenhuma bactéria cresça no tecido, mantendo o equilíbrio natural da pele e reduzindo os odores desagradáveis. Esse agente antimicrobiano garante um efeito permanente no vestuário mesmo após 100 lavagens.

Coloque estilo e diversão em seus pedais

E para concluir esse post, saiba que pedalar exige uma série de condições de cada ciclista, mas uma das características mais divertidas é a capacidade de personalização que, literalmente, vai da cabeça aos pés. E, nesse caso, as meias para ciclismo são um detalhe à parte, já que elas aparecem bastante. Então, quem acha que para pedalar tem que adotar um estilo monocromático deve rever os seus conceitos. É possível escolher cores, design, estampas e tecidos de acordo com o seu gosto. 

Entretanto, não se esqueça que a escolha das roupas para ciclismo deve ser feita de acordo com as necessidades de cada ciclista, deixando o estilo ou as cores em segundo plano. Por isso, não ligue se a sua sapatilha para bike for vermelha e seu capacete rosa, se eles se adequarem às suas necessidades e você gosta deles, fique tranquilo e pedale despreocupado. Meias e sapatilhas para pedalar caem na mesma questão. Não importa se são de cano curto ou longo, se a sapatilha é preta, a meia não precisa ser escura. Invente seu estilo, afinal pedalar deve lhe dar prazer e não ser uma competição de moda.

Assista o vídeo abaixo com dicas da MX Bikes de meias para ciclismo.

Posts Relacionados
Equipamentos
Top 5 sapatilhas SIDI para MTB
24/08/2017
Saiba o que diferencia as sapatilhas de mountain bike dos outros modelos e conheça 5 modelos extremamente tecnológicos de sapatilhas SIDI.
ver mais
Equipamentos
Guia de acessórios e equipamentos para iniciantes
26/04/2018
Saiba quais acessórios e equipamentos são indispensáveis para um ciclista.
ver mais
Equipamentos
Roupas de compressão: polainas
26/07/2018
Saiba como a polaina de compressão ajuda na recuperação dos músculos e quais são suas outras funções.
ver mais
Equipamentos
Top 5 sapatilhas Shimano para MTB
31/08/2017
Conheça cinco modelos de sapatilhas Shimano mais escolhidos pelos ciclistas que buscam maior performance e conforto no Moutain Bike.
ver mais
Aproveite super descontos
-21%
Sapatilha MTB High One Lock
R$ 474,90
-38%
Sapatilha Avva MTB Preto/Cinza Camo
R$ 249,90
-35%
Camisa Feminina Marcio May Sport Tie Dye Bikes
R$ 109,90
-48%
Camisa Feminina Mauro Ribeiro Agatha
R$ 149,90
REDES SOCIAIS
Informe seu e-mail e receba notícias e novidades
MX Bikes Comercio Artigos Esportivos Eireli - ME | CNPJ: 08.933.109/0001-93 | Rua Sem Denominação 210 - Contenda São José dos Pinhais - PR CEP. 83115-970
Copyright 2007-2015 mxparts.com.br. Todos os direitos reservados.