Home > Bicicletas > Conheça a Anatomia da Bicicleta – Parte 1
Conheça a Anatomia da Bicicleta – Parte 1
04/07/2020
Bicicletas

Por Camila Suota – Profissional de Educação Física e ciclista

Fala ciclistas de plantão

Você conhece bem sua bicicleta? Conhece as peças e a função de cada uma? Bom, conhecer melhor sua bike vai te ajudar a entender como funciona cada componente e aproveitar ainda mais ela.

A bicicleta envolve muitos aspectos, como por exemplo, saúde, esporte, lazer, mobilidade, estética,mecânica, geometria, design, estilo de vida e por aí vai. Então continue aqui e conheça melhor sobre a bike e ajude aquele seu amigo que está começando no mundo das bicicletas.

A bicicleta

Apesar das diferentes definições na internet, nós ciclistas entendemos a bike muito além de um mero veículo de duas rodas, mas um veículo sustentável e que promove a mobilidade. Portanto, pedalar é uma prática que contribui com o meio ambiente.

Além das vantagens em relação ao meio ambiente, andar de bicicleta traz benefícios para a saúde e qualidade de vida; permite conhecer pessoas de diferentes idades; pedalar faz com que o corpo libere substâncias que garantem o bem-estar, o relaxamento e a felicidade; é divertido e contribui para um planeta melhor.

Bom, agora vamos conhecer os componentes da “magrela” e é através de cada um deles que todos os benefícios citados acima acontecem. Vamos lá?

Quadro e garfo

O quadro e o garfo da bicicleta é o que chama bastante atenção quando vamos adquirir uma bike nova ou quando observamos uma. Esses dois componentes garantem a geometria e são a estrutura da bicicleta, sendo através da estrutura que todas as outras peças irão se encaixar. Existem quadros com cores mais discretas e outras mais chamativas, ou seja, para todos os gostos.

Segundo Bruno Uehara, arquiteto, mecânico de bicicleta, framebuilder, ciclista e autor do livro Anatomia da Bicicleta ele explica que


“O quadro, tal como o conhecemos hoje, consiste em um desenho chamado “quadro diamante” formado por dois triângulos principais, um dianteiro e um traseiro. O triângulo traseiro consiste, na verdade, em dois triângulos pareados.

À frente do quadro, no tubo da direção, é instalado o garfo, responsável pela direção da roda dianteira. Ele e o quadro devem casar perfeitamente para garantir uma boa geometria, que é o conjunto de ângulos e medidas que determinam o tamanho e o uso da bicicleta.”

Além disso, o quadro e garfo podem ser fabricados por diferentes tipos de materiais, como por exemplo, o aço,alumínio, fibra de carbono e titânio. Cada material possui suas características e que junto com a geometria pode proporcionar rigidez, conforto, peso, durabilidade, estabilidade, agilidade e velocidade da bicicleta.

Rodas

Em relação às rodas, Bruno explica que

“São compostas de aro,raios e cubo. O cubo é a peça central, submetida à rotação, que conecta a roda ao quadro ou garfo. Ele é composto pelo corpo do cubo, eixo e esferas. (...) O cubo da roda traseira possui um corpo catracado chamado freehub, onde é instalado o cassete, componente da relação da bicicleta. Os aros recebem o pneu, a câmara e a fita de aro.”

Olha só que legal cada detalhe que existe na bicicleta e a função de cada peça, sendo todas indispensáveis. Caso esteja montando sua bike ou precisando de alguma peça, acesse a loja virtual Mx Bikes clicando aqui, a melhor loja de ciclismo do Brasil e com o melhor custo benefício.

Direção

A direção é a região da bicicleta que vai garantir que você vá para direção que quiser, que desvie de um buraco,que faça manobras, ou seja, que possa controlar sua bicicleta para diferentes caminhos com o uso das mãos.

Na direção existem quatro peças fundamentais que é o guidão, a mesa, a caixa de direção e o garfo.

 

“O guidão é a peça que controla a direção. A mesa une o guidão ao garfo, que por sua vez é montado ao quadro através da caixa de direção. A caixa de direção deve seguir o mesmo padrão do garfo, da mesa e do quadro para garantir um sistema eficiente e seguro” – diz Bruno Uehara.

 

No guidão são instaladas as manoplas que ficam na extremidade dele. É nas manoplas que o ciclista coloca as mãos para controlar sua bike. Elas são fundamentais para a absorção de impactos durante o pedal e maior conforto. Falando em manoplas conheça as Manoplas Esi Grips clicando aqui, são as melhores manoplas de bikes de todos os tempos.

Freios

Os freios da bicicleta são importantíssimos porque é através deles que será possível diminuir a velocidade da bike, desacelerar ou até mesmo parar quando necessário. Outra função dos freios, como por exemplo, na modalidade do Mountain Bike é controlar a bicicleta durante manobras em trilhas, percursos de obstáculos, além de outras situações.

Em relação aos freios, existem dois tipos sendo eles: o mecânico e hidráulico. O freio mecânico realiza a frenagem no aro e o freio hidráulico a frenagem ocorre no disco.

No caso do freiomecânico, Bruno esclarece em seu livro que 

“O acionamento é feito através dos manetes instalados no guidão, responsáveis pela puxada do cabo, que desliza no interior do conduíte. O conduíte funciona como um tubo flexível por onde corre o cabo do freio. A puxada do cabo faz com que os braços do freio comprimam as sapatas de freio contra o aro, realizando, assim, a frenagem”

 A situação do freio mecânico é parecida com a do freio hidráulico, mas difere em relação as peças para frenagem. No hidráulico existe a pinça de freio (conhecida como caliper) que quando acionados, o manete puxa o cabo que está preso na pinça, o qual empurra o pistão, que empurrará a pastilha de freio contra o disco, causando assim o atrito que reduz a velocidade da bicicleta.

 “Uma boa frenagem requer freios e rodas funcionando perfeitamente. Os cabos e conduítes também devem estar em boas condições de funcionamento” – diz Bruno.


Quer saber mais sobre a Anatomia da Bicicleta? Então fica ligado que no próximo post a gente te mostra o resto.

Posts Relacionados
Promoções MX
REDES SOCIAIS
Informe seu e-mail e receba notícias e novidades
MX Bikes Comercio Artigos Esportivos Eireli - ME | CNPJ: 08.933.109/0001-93 | Rua Sem Denominação 210 - Contenda São José dos Pinhais - PR CEP. 83115-970
Copyright 2007-2015 mxparts.com.br. Todos os direitos reservados.