Home > Dicas > Dicas para cuidar da sua bike: detalhes que fazem diferença
Dicas para cuidar da sua bike: detalhes que fazem diferença
01/03/2018
Dicas

Muitas vezes simples detalhes ajudam a manter sua bike e acessórios bem conservados. Confira agora 6 dicas para manter sua bike em ótimo estado e aumentar sua vida útil. Essas dicas servem para qualquer tipo de bicicleta, basta ler e aproveitar.

Mantenha seu squeeze sem arranhões

O suporte de garrafa é um acessório que tem preços bem variados, você encontra alguns a partir de R$5. Mas é importante você prestar atenção antes de comprar o seu porque isso pode influenciar na vida útil do acessório e também da garrafa. Por exemplo, se o suporte tiver cantos de alumínio ou ferro - as chamas quinas vivas - que sejam salientes, podem riscar a garrafa sempre que você colocar e tirar para beber. Nesse caso o indicado é usar um suporte com acabamentos soldados, que são mais lisos e não riscam o squeeze.

Você também pode optar por suportes de nylon ou plástico que também não vão riscar, o único inconveniente é que neles não é possível fazer o ajuste de pressão para se encaixar na garrafa - como pode ser feito nos modelos de alumínio. Nesses modelos de plástico, caso a garrafa fique solta, não há o que fazer além de comprar uma nova garrafa que se encaixe perfeitamente.
Promoções MX

Evite furos nas manoplas

As manoplas também tem muita variação de preço. As mais caras são aquelas com anéis de alumínio, que são fáceis de colocar e tirar e não ficam girando a toa. Mas os modelos simples ainda equipam bikes de todas as modalidades. Quando as manoplas são tampadas no fim com uma fina camada de borracha, qualquer pancada já corta ela - principalmente naquele tombo besta em que a bike cai sozinha para o lado. Uma vez furada, ela gira muito e entra água e sujeira no cano do guidão. A dica é colocar no fundo da manopla uma moeda ou ruela, com o diâmetro igual ao do guidão. Dessa forma, a manopla vai ter maior apoio e não vai furar tão facilmente.

Ajuste dos freios

O ajuste mais simples que você pode fazer no freio a disco mecânico é esticar o cabo utilizando o esticados da manete ou da pinça. Mas depois de fazer isso tantas e tantas vezes, o esticador fica quase todo para fora da manete, além de ser uma peça muito frágil, qualquer batida pode quebrá-la.


Existe um ajuste secreto que você pode usar. No freio a disco mecânico, uma pastilha de freio  é fixa e a outra é móvel. Quando você faz o ajuste pelo esticador está ajustando apenas a pastilha móvel - mas você também pode ajustar a pastilha fixa. Isso é feito por dentro da roda: encaixe a chave Allen de 5mm depois olhe a pinça por cima. Girando a chave você consegue ver que a pastilha vai se aproximando do disco.


No freio a disco mecânico, a pastilha móvel leva o disco até a pastilha fixa. Os discos são muito flexíveis, mas a pastilha fixa tem que estar bem próxima do disco, bem mais próxima do que fica a pastilha móvel, porque se a pastilha fixa estiver gasta ou toda recuada o disco acaba encostando na pinça de freio.


Durante a manutenção e limpeza dos freios observe bem o desgaste das pastilhas. Nesse tipo de freio, a pastilha móvel gasta um pouco mais rápido do que a pastilha fixa e você só deve inverter a posição delas se o desgaste acontecer paralelo à base da pastilha. Os freios que gastam em ângulo, tortos, só funcionam bem naquela posição. Se você inverter a pastilha, a bike pode ficar sem freio porque diminui muito a área de contato dela com o disco.


Terminais protetores de cabos

Esses terminais evitam que o cabo desenrole e fique cheio de pontas: o que além de ser feio, é muito perigoso pois essas pontas podem furar seus dedos. Além disso, quando o cabo está bem cuidado, é possível tirá-lo e colocá-lo de volta no conduíte e continuar usando por mais um tempo.

Toda vez que você faz manutenção na oficina, troca um cabo de aço, eles instalam esses terminais, mas se estiver faltando algum na sua bike você pode improvisar em casa. Basta usar um pedaço de cotonete, depois passa um fogo com isqueiro para ele ficar grudado cabo.

Evite arranhar a pintura do quadro

Quando a bike pega lama ou poeira as mangueiras e conduítes podem desgastar a pintura do quadro em algumas áreas. Para evitar isso você pode colocar adesivos transparentes ou da cor do quadro, ou até um tipo de borracha que é própria pra isso, conforme a foto abaixo.

Se você não conseguir comprar essa borracha, da pra resolver de outra forma. Na linha automotiva existem várias borrachas que servem para isso, em formato cilíndrico. Basta desencapá-las - caso estejam revestidas de algum outro material ou fio, e cortá-la para caber no fio da sua bike.

Utilizando as cintas de nylon

As cintas de nylon conhecidas como ziptae ou taerap quebram o galho e estão sempre presentes na bike. Mas também são muito perigosas quando cortadas com tesoura ou alicate, pois cortam a pele com facilidade. Para evitar acidentes, corte com um estilete a ponta que sobrou e passe bem rente para não ficar nenhuma saliência.


Quem faz trilha e pedala até com chuva pode proteger o canote e o quadro tampando esse rasgo com um pedaço de camara de ar.


É muito comum os canotes ficarem colados no quadro por falta de lubrificação ou pela entrada da água barrenta jogada pela roda traseira. É muito importante lubrificar o canote para que isso não aconteça.


Texto original e fotos por Pedaleria, transcrito e complementado pela MX Bikes.
Posts Relacionados
Aproveite super descontos
-34%
Óculos Absolute Nero Amarelo
R$ 115,90
-42%
Camisa Fox Livewire Descent
R$ 109,90
-23%
Camisa Feminina Evoe Classic Fogli
R$ 145,90
-40%
Suspensão Absolute MXFK18 29 AHD com Trava Ombro
R$ 149,90
REDES SOCIAIS
Informe seu e-mail e receba notícias e novidades
MX Bikes Comercio Artigos Esportivos Eireli - ME | CNPJ: 08.933.109/0001-93 | Rua Sem Denominação 210 - Contenda São José dos Pinhais - PR CEP. 83115-970
Copyright 2007-2015 mxparts.com.br. Todos os direitos reservados.