Home > Dicas > Forro em gel ou em espuma? Entenda as diferenças para pedalar
Forro em gel ou em espuma? Entenda as diferenças para pedalar
03/09/2020
Dicas

Uma das maiores dúvidas dos ciclistas iniciantes e até mesmo dos mais experientes é a capacidade de absorção dos impactos e conforto que uma determinada forração da sua roupa para ciclismo preferida pode oferecer.

A principal dúvida de quem inicia nos pedais ou quem apenas pedala e não cuida dos detalhes em suas roupas para ciclismo é - bermuda com forro em gel é melhor?

Porque bermuda e não bretelle ou calça? Justamente pela condição de iniciante. Muitas pessoas que iniciam não fazem ideia do que seja o bretelle ou ainda acham ele ridículo, mas isso é assunto para outra matéria, nessa aqui vamos explicar a diferença entre forro em gel e bermuda com forro de espuma.
 

Bermuda com forro em gel ou bermuda com forro de espuma?

Qualquer bermuda, bretelle ou calça específico para ciclismo possui uma determinada forração e que possuem várias diferenças mesmo dentro de uma própria marca e principalmente pela anatomia masculina e feminina.

Pra que serve o forro da bermuda ciclismo?

A pergunta meio boba pode já ter sido respondida por você ao ler ela, dizendo: simples, conforto.

Mas não é apenas para isso. O conforto por si só está ligado à uma série de fatores quando falamos em pedalar com uma roupa para ciclismo, que incluem: posicionamento sobre a bike, intensidade de treino/passeio/prova, tamanho/tipo do banco bicicleta, quantidade de tempo que você vai pedalar e claro, sua condição física.

Não adianta uma bermuda ou bretelle utilizado pelos profissionais, se você está começando agora e quer sair por ai pedalando igual os caras. 

Vai doer, claro que vai doer menos que se você estivesse sem ou com um material básico de entrada, mas vai incomodar pela falta de costume. 


Promoções MX

Uma forração de bermuda ciclismo de boa qualidade possui essa principal característica - anatômico. Esse é o primeiro ponto para você verificar na hora da escolha. 

Homens são diferentes de mulheres e tem necessidades diferentes, glândulas diferentes, posicionamentos diferentes sobre a bike.

Com tantas diferenças, não tem o menor sentido buscar um bretelle ou bermuda ciclismo que não seja específico para seu gênero.

As forrações servem para gerar esse conforto anatômico em um primeiro momento. 

Em segundo lugar, elas servem para ajudar a absorver impactos e irregularidades do solo e não transmitir isso para quadril, cóccix e musculaturas do CORE.

Além disso, o forro da bermuda ciclismo ajuda no controle térmico e de umidade das regiões anatômicas, afinal, ficar sentado se exercitando em qualquer intensidade gera calor e consequentemente suor.

O excesso de calor atrelado ao suor é um prato cheio para a proliferação de microrganismos já existentes nessas regiões, mas que ficam controlados de certa forma e não afetam a gente no dia a dia, mas em condições favoráveis eles se multiplicam e podem causar doenças de pele ou até mesmo nas regiões genitais.

Esse ponto é tão importante em uma forração que tem muito ciclista que não compra uma roupa para ciclismo sem o chamado tecido/tratamento antimicrobiano.

Outro detalhe é que o forro bretelle ciclismo ajuda a diminuir os atritos contra o banco da bicicleta, já que no tecido convencional, ele teria grandes chances de começar a se desgastar pelo excesso de atritos e impactos repassados, diminuindo a durabilidade da sua roupa para ciclismo.

Mas o que tudo isso tem a ver com o forro em gel ou forro de espuma? Bora falar disso disso agora.



Bermuda com forro de espuma ou gel?

A dúvida de muitos é fácil. Diante de tudo o que comentamos acima - design anatômico e tratamentos para proteção da pele já dá a resposta praticamente.

Não é possível acrescentar tudo isso no gel.

E tem um detalhe - existem dois tipos de gel - o gel viscoso, em formas de bolsas e o gel elástico. 

Mas em nenhum deles é possível obter esses tratamentos, já que são materiais resinados dificilmente tratáveis e que tem pouca condição de manutenção desses detalhes a médio - longo prazo.

Ao longo dos anos a tecnologia das roupas para ciclismo evoluiu tanto, que a grande maioria dos fabricantes no mundo não utiliza mais nenhum desses dois materiais.

Forro de gel viscoso ou denso tem uma durabilidade em geral muito baixa, já que ao ser pressionado, ele se acomoda aos ísquios o que dá muito conforto, mas em contrapartida conforme você se movimenta, ele acaba se espalhando para os lados, forçando as costuras, cedendo o tecido e consequentemente se espalhando para ele ou quebrando o gel, o que torna menor sua área de absorção dos impactos e principalmente cansando o assento dos seus ísquios, ou seja, adeus duração e bermuda ciclismo.

Já o forro em gel elástico não possui esse problema de rachar, mas para ser confortável tem que ser feito com várias camadas, o que pode deixar o forro pesado demais, sem contar que também não é tratável.

Por isso, ao longo dos anos, vários tipos de espumas tem sido desenvolvidas para o ciclismo - e diga-se de passagem para outros usos. Mas ai sempre tem aquele amigo ciclista que fala: Eu só uso bermuda de gel que é mais confortável. 

OK. mas para dormir você usa travesseiro de espuma ou de gel? Pense sempre nesse ponto, afinal, o chamado viscoelástico é um tipo de espuma de memória de alta resistência e conforto utilizado nos travesseiros onde você passa de 6 a 8 horas (ou mais) apoiando o pescoço e cabeça e ele dura anos.

Isso significa dizer que essa mesma tecnologia em uma densidade menor/maior e com concentrações de densidade por milímetro podem sustentar seu peso por horas sem desconforto e com absorção de impactos ao pedalar com um detalhe incrível - tratamento para sua pele.

Com o abandono dos fabricantes na utilização do gel de qualquer espécie na forração, o que se tem hoje em dia são diferentes tipos de espumas sendo utilizadas na fabricação do forro de bermudas, bretelles e calças ciclismo.

Inclusive você pode optar por eles em diferentes tipos de uso, ou ainda por tempo de uso.

Muitos fabricantes utilizam espumas de maior densidade para absorver mais impactos nos ísquios bem como menores densidades nas áreas de maior necessidade de conforto.

Um conjunto completo de forros ainda conta com menos densidade nas abas laterais para ajuste à linha da virilha e no meio do forro, ou seja, as espumas permitem uma maior capacidade de personalização de uso em diferentes regiões do forro.

Sem contar que uma bermuda com forro de espuma para pedalar por mais simples que seja já pode ser tratada com sistemas de gerenciamento térmico, de umidade, anti estático, anti microbiano e tudo mais.

Claro que quanto mais tecnologias e espumas melhores, mais caro esta roupa para ciclismo se torna.

As espumas com memória ou reativas com alta capacidade de absorção dos impactos ajudam muito em pedais de maior duração. 

Como falamos, você pode até mesmo optar por roupas para pedalar pelo tempo que cada forração oferece de conforto, que podem ir de 1 até mais de 12 horas de uso contínuo com proteção e conforto garantidos para você pedalar.

Na hora de escolher bermuda ciclismo ou qualquer outra roupa ciclismo, identificar sua medida, design da roupa, forração e tratamentos são fundamentais para garantir conforto e proteção para pedalar em qualquer modalidade.  



Só aqui na Mx Bikes - o maior e melhor site ciclismo do Brasil você encontra as melhores roupas para ciclismo com toda a qualidade das maiores marcas para pedalar, como Mauro Ribeiro, Marcio May, ASW, Woom, Fox, Alpinestars, Free Force, Scott e muito mais, sempre com os melhores preços e condições acesse AQUI e confira.
Posts Relacionados
Aproveite super descontos
-46%
Camisa Feminina Mauro Ribeiro Wit
R$ 119,90
-24%
Camisa Evoe Evolution Grigio
R$ 189,90
-58%
Camiseta Feminina Bike&Nuts Girassol Tour
R$ 37,90
-23%
Bermuda Feminina EVOE Evolution
R$ 229,90
REDES SOCIAIS
Informe seu e-mail e receba notícias e novidades
MX Bikes Comercio Artigos Esportivos Eireli - ME | CNPJ: 08.933.109/0001-93 | Rua Sem Denominação 210 - Contenda São José dos Pinhais - PR CEP. 83115-970
Copyright 2007-2015 mxparts.com.br. Todos os direitos reservados.